História de Betty e José Castelo Branco continua. Filho já reforçou a segurança nos EUA

A história de amor de 30 anos de Betty Grafstein e José Castelo Branco está longe de ter um fim. O filho da matriarca quer impedir o socialite de estar com a mãe a todo o custo.

História de Betty e José Castelo Branco continua. Filho já reforçou a segurança nos EUA
Betty Grafstein e José Castelo Branco. ©Carlos Manuel Martins / Global Imagens

A 21 de abril de 2024, Betty Grafstein denunciou José Castelo Branco, de 61 anos, por violência doméstica. A detenção foi feita pela GNR, logo de seguida, com um mandado emitido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Sintra. O caso foi tornado público a 2 de maio.

A história começou com uma queda de Betty, ainda em abril de 2024. A senhora foi levada pelo marido José Castelo Branco para o hospital CUF Cascais, com uma fractura no fémur direito. Naquele hospital, a idosa terá denunciado, aos vários profissionais de saúde, que a queda se deveu ao comportamento do marido. Mais tarde, e com as denúncias dos profissionais da unidade hospital, Betty Grafstein foi ouvida pela GNR e terá pedido que José Castelo Branco não se voltasse a aproximar de si.

O caso que foi tornado público, foi logo comentado por Castelo Branco, que se defendeu. "Quem não deve não teme. Tenho a minha consciência tranquila, quero o bem-estar da minha Betty. Estamos casados há 28 anos, mas estamos juntos há 30 anos, a Betty é o reflexo daquilo que eu sou, eu sou o reflexo daquilo que a Betty é", afirmou no programa da SIC, 'Linha Aberta'.

A verdade é que a história não ficou por aqui, e com o protagonismo do casal, a comunicação social descortinou tudo, trazendo até vários depoimentos de terceiros, que sustentaram a tese de que, de facto, José Castelo Branco sempre foi violento com Betty Grafstein.

O mês de maio passou e, segundo se soube, o socialite ficou impedido de ver a esposa, sendo-lhe aplicada até uma pulseira de forma a garantir o afastamento de ambos. No início de junho, e com o estado de saúde de Betty melhor, o filho da matriarca, que reside nos Estados Unidos da América, decidiu vir buscar a mãe para junto de si. Antes de ter alta hospitalar em Portugal, a joalheira mostrou-se contente "Esperei muito tempo por isto. Esperei demasiado tempo", desabafou com o amigo Abel Dias, num vídeo que chegou a público.

Certo é que, pelos EUA, e por vontade de Roger, filho da idosa, a segurança foi redobrada, com fechaduras mudadas e vigilância. O objetivo é agora afastar José Castelo Branco da sua esposa, Betty.