Daniel Oliveira: "Prefiro perder três dias por uma décima e ganhar por sete pontos num único dia."

Ciente das perdas para a TVI, Daniel Oliveira explica que orienta a sua avaliação audimétrica como um todo, e não em particular.

Daniel Oliveira: "Prefiro perder três dias por uma décima e ganhar por sete pontos num único dia."
Daniel Oliveira na apresentação de 'Era Uma Vez na Quinta'. ©Rui Valido

Com uma TVI mais forte e lutadora, a SIC parece estar, agora, a perder terreno nesta campo de batalha. Janeiro vai a meio, e a TVI lidera na maior parte dos dias.

"Prefiro perder três dias por uma décima e ganhar por sete pontos num único dia. Essa contagem dos dias, que apareceu agora, não faz sentido! Isso serve apenas para atirar areia para os olhos de quem não percebe! Estamos muito confiantes na Senhora do Mar e não nos circunscrevemos apenas a um produto. A nossa grelha é mais do que um produto", explica Daniel Oliveira, diretor de programas da SIC.

Para o marido de Andreia Rodrigues, 'Senhora do Mar' poderá ser uma das surpresas da SIC, já que faz regressar o mote de grande história. "É um novelão com grandes paisagens, ambientadas num espaço extraordinário que é esta ilha magnifica [Terceira] e que tem todos os ingredientes para chegar às pessoas, com temas de fundo, como a violência doméstica e a religião."

Deste modo, a nova produção da SIC vai estar em antena, ao lado de mais duas novelas. 'Papel Principal', por exemplo, vai manter-se em antena até ao final do ano. "O que estava previsto era que a segunda temporada fosse até 2025. Não houve qualquer cancelamento, nem nada. Mas ninguém ouve o que digo."

Em cima da mesa, está tida mais uma novela. A estreia está agendada para o verão. "Antecipámos para antes do verão. Começámos recentemente em escrita. Teremos o João Catarré como protagonista e, possivelmente, o Lourenço [Ortigão]."