Cristina Ferreira justifica derrota nas manhãs: "O daytime não se faz porque se chegou."

Cristina Ferreira que, foi apontada como uma salvação para as manhãs da TVI, não está a conseguir mexer nos resultados. A apresentadora afirma que é normal e que apenas está de passagem.

Cristina Ferreira justifica derrota nas manhãs: "O daytime não se faz porque se chegou."

Quando Cristina Ferreira assumiu as manhãs da TVI, dividindo, assim, o ecrã com Cláudio Ramos, vários davam como garantida a liderança do 'Dois às 10'. No entanto, o mesmo não se verificou. “Sei o que é o daytime. Eu e o Goucha, quando começámos, também estivemos dois anos e tal sem ganhar. O daytime não se faz porque se chegou. Faz-se, sim, da companhia e persistência”, afirma a própria apresentadora.

A presença de Cristina é temporária, e apenas será até o regresso de Maria Botelho Moniz. “Estou felicíssima ao lado do Cláudio [Ramos], está a ser extraordinário. Ele está mais refinado do que nunca”, garante, explicando que os fãs reagiram a este reencontro.

Agora, com as eleições Legislativas à porta, a apresentadora da TVI pretende convidar os candidatos a primeiro-ministro para o programa das manhãs. “Quero receber qualquer convidado que tenha algo a dizer que seja interessante, e claro que eles o são!